Springe direkt zu Inhalt

O “Deutsches Internet-Institut” de Berlim é inaugurado – Vagas abertas nos grupos de pesquisa

Notícias de 22.09.2017

O “Weizenbaum-Institut für die vernetzte Gesellschaft” (Instituto Weizenbaum para a sociedade conectada), também chamado “Deutsches Internet-Institut”, foi inaugurado nesta quinta-feira. Nesta ocasião, estavam presentes o prefeito de Berlim, Michael Müller, e a ministra federal de pesquisa, Johanna Wanka.

O instituto recebeu seu nome do informático berlinense Joseph Weizenbaum (1923-2008). É um projeto de colaboração que conta com o apoio financeiro do Ministério Federal da Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF) e do governo do estado federal de Berlim.

Fazem parte deste projeto várias universidades berlinenses, entre as quais a Freie Universität Berlin, assim como instituições não-universitárias e a Universidade de Potsdam.

O instituto acolhe cerca de 100 pesquisadores de diferentes áreas que trabalham sobre as mudanças sociais que a crescente tecnologização traz consigo. A questão central de pesquisa é como a autonomia pode ser assegurada numa sociedade conectada. Há seis grandes áreas de pesquisa, entre as quais a educação digital.

No total, são 20 grupos de pesquisa interdisciplinares, compostos por doutorandos e pós-doutorandos. Em 12 deles, ainda há vagas abertas que estão disponíveis neste link (em alemão e inglês).

 

61 / 95